Rir (ainda) é o melhor remédio...

...E tristezas não pagam dívidas...e por aí fora! Como tal, é convidada(o) a desfrutar de alguns momentos de boa disposição. Divirta-se ... ... e tome um cafezinho!!!!

quarta-feira, 31 de março de 2010

224. Cadeia de Comando...

223. Aprende depressa...

Um professor pede aos alunos que escrevam uma redacção sobre o tema: "Se fosse director de uma empresa".
Todos começam a escrever excepto um...
- Menino Joãozinho, por que não começa a escrever?
- Estou à espera da minha secretária.

terça-feira, 30 de março de 2010

222. Velhos hábitos...

Um passageiro toca no ombro de um taxista para lhe fazer uma pergunta.
O taxista grita, perde o controlo do carro, quase choca com um camião, sobe o passeio e entra por uma montra dentro partindo o vidro em pedaços.
Por um momento não se ouve nada dentro do táxi até que finalmente o taxista diz:
- Olhe amigo, não volte a fazer isso nunca mais! Quase que me matou com o susto!'
O passageiro pede desculpa e diz:
- Nunca pensei que fosse assustar-se tanto só porque lhe toquei no ombro.
Responde o taxista:
- O que se passa é que hoje é o meu primeiro dia de trabalho como taxista.
- E o que é que fazia antes?
- Fui condutor de uma agência funerária durante 25 anos!!

221. Momento Musical II ...

Um poema sublime de Ary dos Santos...uma magnífica interpretação de Susana Félix. Resultado: um excelente momento musical!!

Canção de Madrugar - Susana Félix

segunda-feira, 29 de março de 2010

220. Que coincidência...

Uma loira chega ao trabalho em lágrimas. O chefe, sempre solícito com a loira, pergunta o que lhe aconteceu:
- Hoje de manhã, antes de sair para o trabalho, recebi um telefonema a dizer que minha avó morreu!
O chefe propõe imediatamente:
-Volte para casa imediatamente. Vá descansar.
-Não quero - responde a loira - prefiro ficar a trabalhar, vai-me distrair.
Algumas horas depois o chefe nota que a loira voltou a chorar de forma mais intensa.
Ele vai até ela e pergunta:
- Não está melhor?
A loira explica:
- Nem imagina! Isto não pode estar a acontecer! Acabei de receber um telefonema da minha irmã. A avó dela também morreu.

219. Mentiroso compulsivo...


- Mamã, mamã... na escola chamaram-me de mentiroso.
- Cala-te que ainda não andas na escola...

domingo, 28 de março de 2010

218. Para evitar acidentes...

(clique na imagem)

217. É uma trabalhêra...

Dois alentejanos assaltaram um banco, fugiram de carro e, quando se julgaram a salvo, pararam numa estrada secundária a descansar.
Diz um:
- Atão, aproveitamos para contar o dinhêro?
Responde o outro:
- Nan vale a pena essa trabalhêra, logo no Telejornal dizem quanto é!

216. Memórias de Elefante...

Sensação de Viver...

sábado, 27 de março de 2010

215. Não se ouve nada aqui...

Uma velhota, durante a missa, inclina-se e diz ao ouvido do seu marido:
- Acabo de soltar um "pum" silencioso. Que achas que devo fazer?
O velho responde:
- Agora nada. Mas quando sairmos vamos comprar pilhas novas para o teu aparelho auditivo.

214. LOST - Versão Portuguesa...


Pedro e Maria estão num voo para a Austrália para comemorar seu 20.º aniversário de casamento.
De repente, o comandante anuncia pelos alto-falantes:
- Senhoras e senhores, tenho más notícias. Os nossos motores estão a deixar de funcionar e vamos tentar aterrar de emergência. Por sorte, vejo uma ilha não catalogada nos mapas logo abaixo de nós, e, por isso, vamos tentar aterrar na praia.
Ele aterrou com êxito, mas avisou os passageiros:
- Isto aqui é o fim do mundo e é muito provável que nós não sejamos resgatados e tenhamos que viver nessa ilha para o resto das nossas vidas!
Nesse instante, Pedro pergunta à mulher:
- Maria, entregaste o nosso IRS antes de viajarmos?
- Ai, perdoa-me Pedro. Eu esqueci-me completamente!
Pedro, eufórico, agarra a mulher e afinfa-lhe o maior beijão de todos os 40 anos de casamento. A Maria não entende e pergunta:
- Pedro! Por que me beijaste desta maneira?
E ele responde:
- Os gajos das Finanças vão encontrar-nos!..........

sexta-feira, 26 de março de 2010

213. Muita esperteza...

Vale e Azevedo vai a uma churrasqueira e pede ao empregado que embrulhe dois frangos.
Enquanto o empregado embrulha os frangos, repara numas belas codornizes e pergunta ao empregado se pode trocar os 2 frangos por 4 codornizes, ao que o empregado responde:
- Claro que sim.
Depois de embrulhadas as codornizes e entregues ao Vale e Azevedo, este vai-se embora, quando o empregado irrompe:
- Desculpe, mas o Sr. esqueceu-se de pagar as codornizes.
- Mas eu troquei-as pelos frangos! -disse Vale e Azevedo, "indignado" com a petulância do empregado.
- Mas também não pagou os frangos!
- Era só o que faltava, também não os levei ...

212. Memórias de Elefante...

Esta é a menina que foi viver para as montanhas com o seu avô...desde essa altura, nunca mais se soube nada dela!

quinta-feira, 25 de março de 2010

211. Conselho de amigo...

Bem baixinho, para não assustar os peixes, o Zé diz:
- Acho que me vou divorciar ... A minha esposa não fala comigo há mais de 2 meses.
O Paulo continua lentamente a beber a sua cerveja e, muito pensativo, diz:
- É melhor pensares bem Zé. Mulheres como a tua, que não falam por 2 meses, são difíceis de encontrar...

210. Já não me lembro...

quarta-feira, 24 de março de 2010

209. Muito gargarejo...

Médico: Sim, o que aconteceu? "
Mulher: "Doutor, eu não sei o que fazer. Toda as vezes que meu marido chega a casa bêbado, ele bate-me com a sua pasta."
Doutor: "Eu tenho um remédio muito bom para isso. Quando o seu marido chegar a casa embriagado, basta tomar um copo de chá de camomila e começar o gargarejo. Apenas gargareje e gargareje...".
Duas semanas depois, ela regressa ao médico e parece ter nascido de novo.
Mulher: "Doutor, isso foi uma ideia brilhante! Toda as vezes que meu marido chegou a casa bêbado, eu gargarejei muitas vezes com chá de camomila e ele não me bateu."
Médico: "Você vê como manter a boca fechada ajuda?"

208. Pensamento do dia...

Estamos numa época em que o fim do mundo não assusta tanto quanto o fim do mês...

terça-feira, 23 de março de 2010

207. Não se ouve nada...

Duas senhoras idosas estavam a tomar o café da manhã num restaurante.
Ermelinda notou alguma coisa engraçada na orelha de Maria e disse-lhe:
- Maria, sabe que está com um supositório na sua orelha esquerda???
Maria ficou incrédula:
- Eu tenho um supositório na minha orelha??
Ela puxou-o, olhou para ele e então disse:
- Ermelinda, estou feliz que tenha visto... agora acho que já sei onde encontrar o meu aparelho auditivo...

206. Mais do mesmo...

A minha mulher perguntou-me com sarcasmo:
- Que pensas fazer hoje?
- Nada - respondi.
Diz-me ela:
- Isso foi o que fizeste ontem!
- Sim, mas ainda não acabei...

segunda-feira, 22 de março de 2010

205. Muito honesto...

Uma Senhora muito distinta estava num avião vindo da Suíça. Vendo que estava sentada ao lado de um padre simpático, perguntou:
- Desculpe-me, padre, posso pedir-lhe um favor?
- Claro, minha filha, o que posso fazer por você?
- É que eu comprei um novo secador de cabelo muito sofisticado, muito caro. Eu realmente ultrapassei os limites da declaração e estou preocupada com a Alfândega. Será que o Senhor poderia levá-lo debaixo da sua batina?
- Claro que posso, minha filha, mas você deve saber que eu não posso mentir!
- O Senhor tem um rosto tão honesto, Padre, que estou certa de que eles não lhe farão nenhuma pergunta.
E deu-lhe o secador.
O avião chegou a seu destino.
Quando o padre se apresentou na Alfândega, perguntaram-lhe:
- Padre, o senhor tem algo a declarar?
O padre prontamente respondeu:
- Do alto da minha cabeça até a faixa na minha cintura, não tenho nada a declarar, meu filho.
Achando a resposta estranha, o fiscal da Alfândega perguntou:
- E da cintura para baixo, o que é que o Senhor tem?
- Eu tenho um equipamento maravilhoso, destinado ao uso doméstico, em especial para as mulheres, mas que nunca foi usado.
Soltando uma risada, o fiscal exclamou:
- Pode passar, Padre! O próximo...

204. Memórias de Elefante...

...E o que dizer da pequena e doce Abelha Maia?

domingo, 21 de março de 2010

203 . Injustiça Social...

202. Nem respira...

Um farmacêutico entra na sua farmácia e repara num homem petrificado, com os olhos esbugalhados, mão na boca, encostado a uma das paredes.
Pergunta ao auxiliar:
- Que significa isto? Quem é esse homem encostado àquela parede?
- Ah! É um cliente que queria comprar remédio para tosse. Ele achou caro, então eu vendi-lhe um laxante.
- Ficaste maluco? Desde quando é que laxante é bom para tosse?
- É excelente. Olhe só o medo que ele tem de tossir!

201. Capital do Móvel...

Um industrial de Paços de Ferreira foi à Noruega comprar madeira para a sua fábrica de móveis.
À noite, sozinho no bar do hotel, repara numa loira encostada ao bar.
Não sabendo falar norueguês, pediu ao barman um bloco e uma caneta. Desenhou um copo com dois cubos de gelo e mostrou-o à loira.
Ela sorriu e tomaram um copo.
De seguida, começou a tocar uma música romântica. Ele pega novamente no bloco, desenha um casal a dançar e mostra-lhe.
Ela levanta-se e vão dançar.
Terminada a música, regressam ao bar e é ela quem pega no bloco.
Desenha uma cama, uma cadeira e uma cómoda e mostra-lhe.
Ele vê e responde muito entusiasmado:
- Sim, sim, acertou…sou de Paços de Ferreira...

sábado, 20 de março de 2010

200. Só com receita...

Uma mulher entra numa farmácia e diz:
- Por favor, quero comprar arsénico.
O farmacêutico pergunta:
- Qual a finalidade?-
- Matar o meu marido.
- Desculpe, mas não posso vender isso para esse fim!
... A mulher abre a mala e tira uma fotografia do marido na cama com a mulher do farmacêutico...
-Ah! Não sabia que a senhora tinha receita...

199. É de lã...

sexta-feira, 19 de março de 2010

198. Pobre animal...

NO BALCÃO DA ALFÂNDEGA
- O seu nome ?
- Abu Abdalah Sarafi.
- Sexo?
- ...Quatro vezes por semana...
- Não, não! Homem ou mulher?
- Homem, mulher... algumas vezes camelo...

197. Queimar calorias...

Um garoto apanhou da vizinha. A mãe, furiosa, foi pedir satisfações:
- Por que é que a senhora bateu no meu filho?
- Ele foi mal-educado e chamou-me de gorda.
- E a senhora acha que vai emagrecer batendo nele?

quinta-feira, 18 de março de 2010

196. É preciso ter fé...

Abraão levou o filho para o deserto....amarrou-o a uma árvore e acendeu uma fogueira debaixo dos seus pés.
De repente, uma voz:
- Abraão, Abraão, o que é isto ?
- Senhor! Senhor, eu estou sacrificando o meu filho, conforme a Vossa ordem!
- Não, Abraão, eu só queria medir a tua fé!
- Mas Senhor....!
- Já disse!!! Abraão, solta o menino!
Abraão soltou o filho. O menino saiu disparado...correu, correu, correu, enquanto Abraão gritava:
-Filho volta, filho volta, o Senhor libertou-te !
O menino parou ao longe, e gritou:
- Libertou uma ova! Se eu não fosse ventríloquo, estava bem lixado!

195. Acho que me enganei...

194. Sempre a ganhar...

Uma loira entra num casino e, logo à entrada, vê uma máquina de bebidas.
Mete uma moeda de 50 cêntimos e sai uma lata. Mete outra e sai outra lata, e assim sucessivamente...
Entretanto, chega um homem e, intrigado, pergunta-lhe:
- Desculpe lá, mas a senhora vai beber essas bebidas todas?
E ela responde:
- Agora não me interrompa que eu estou a ganhar!

quarta-feira, 17 de março de 2010

193. Pensamento do dia...

No mundo actual, está a investir-se cinco vezes mais em remédios para a virilidade masculina e em silicone para mulheres do que na cura do Alzheimer.
Daqui a alguns anos, teremos velhas de seios grandes e velhos de pila dura, mas que não se lembrarão para que servem.

192. Tem cem anos de perdão...

Um grande empresário português marca uma audiência com José Sócrates, na Residência Oficial do Primeiro-Ministro.
Enquanto aguarda, encontra Armando Vara que o recebe com muitos abraços.
Quando é recebido pelo Primeiro-Ministro, sente falta da carteira e resolve abordar o assunto com o PM:
- Não sei como lhe hei-de dizer, Senhor Primeiro-Ministro, mas a minha carteira acabou de desaparecer!
E continuou:
- Tenho a certeza de que estava com ela ao entrar na sala de espera. Tive o cuidado de a guardar bem, após apresentar o BI ao segurança. Não quero fazer nenhuma insinuação, mas a única pessoa com quem estive depois disso foi o Dr. Armando Vara, que está aqui na sala de espera ao lado.
O Primeiro-Ministro retira-se do gabinete. Pouco tempo depois, regressa com a carteira na mão.
Reconhecendo a sua carteira, o empresário comenta:
- Espero não ter causado nenhum problema pessoal entre o Senhor Primeiro-Ministro e o Dr. Armando Vara .
Ao que José Sócrates responde:
- Não se preocupe! Ele nem percebeu!...

terça-feira, 16 de março de 2010

191. É o maior...

Três amigos alentejanos teimavam a ver qual deles era o mais alentejano:
O primeiro argumentou:
- Ê sô tão preguiçoso que no outro dia, vi uns maços de notas no chão, e não os apanhê só p'rá nã ter que m'agachari.
Prossegue o outro:
- Isso nã é nada. A minha vizinha super-sexy tocou-mi à porta toda nua, a convidar-me para ir passar a noite à casa dela e ê recuseí p'ra nã ter que atravessar a rua.
E o terceiro:
- Pois o mê caso foi munto piori. No domingo fui ao cinema e passei o filme todo a chorari.
- Só isso? - comentaram os outros.
- É que ao sentar-me, entalê os tomates e nã estive p'ra me levantari !

190. Novos tempos...

segunda-feira, 15 de março de 2010

189. Pensamento do dia...


Aquele que ao longo do dia é activo como uma abelha, forte como um touro, trabalha que nem um cavalo e que ao fim da tarde se sente cansado que nem um cão, deveria consultar um veterinário porque é bem possível que seja burro.

188. Bem fresquinha...

Dois alentejanos encontram-se de manhã e diz um para o outro:
- Compadre, que manhã tão fresca!
- Oh Compadre, não havia de ser fresca? É de hoje...

187. Jesus: a táctica perfeita...

domingo, 14 de março de 2010

186. Motivo muito válido...

-Diga-me uma coisa: Qual é o motivo por que quer divorciar-se do seu marido?
-O meu marido trata-me como se eu fosse um cão.
-Maltrata-a, bate-lhe?
-Não, quer que eu lhe seja fiel ...

185. Com tranquilidade...

O médico, batendo no peito do paciente, diz-lhe:
- Pode ficar tranquilo, Sr. Manuel, vou tirar-lhe esse inchaço numa semana…
- Mas isso é a minha carteira, doutor.
- Exactamente, exactamente...

sábado, 13 de março de 2010

184. Boa intenção...

Um filho para o pai:
- Pai, eu corri atrás do autocarro e cheguei ao mesmo tempo a casa, poupando assim 2 euros!
- Estúpido, podias ter corrido atrás do táxi e poupavas 5!

183. Modernices...

Diz a mãe à filha:
- Minha filha ...as vizinhas andam a dizer que andas a deitar-te com o teu noivo!
- Ai, mamã, esta gente é muito maldizente ... A gente deita-se com um qualquer e dizem logo que é noivo...!

sexta-feira, 12 de março de 2010

182. Não é fácil...

181. Ciganito...

Vai um cigano a loja e pergunta:
- Quanto custa este tecido?
- Isso quanto mais levar, mais barato fica.
- Então vá desenrolando até ser de borla.

quinta-feira, 11 de março de 2010

180. Não há salvação...

Perto de Jerusalém, Jesus fazia milagres.
Um homem chorava...
Jesus perguntou:
- Por que choras, bom homem?
- Sou cego, Jesus!
- Cego, vê! - disse Jesus - e o homem viu!
Outro homem chorava...
Jesus perguntou:
- Por que choras, bom homem?
- Sou coxo, Jesus, não posso andar...
- Se és coxo, anda! - disse Jesus.
E o homem andou!
Outro homem chorava...
Jesus perguntou:
- Por que choras, bom homem?
- Sou sportinguista, Jesus...
E Jesus sentou-se ao lado dele e chorou também...

179. Em garrafa...

- Pai, trânsito é o nome de alguma bebida?
- Não filho, que disparate!
- É que falam tanto em trânsito engarrafado...

quarta-feira, 10 de março de 2010

178. Quem dá o que tem...

177. Devias estar calado...

Um casal viaja de carro durante uma tempestade. A dada altura, diz o homem:
- Maria, não vejo a ponta dum corno!
Ao que a mulher responde:
- Não faz mal, guia-te pelo outro.

176. Dever cívico...

Numa manhã de inverno um casal ouvia a rádio enquanto tomava o pequeno almoço.
O locutor a dada altura diz:
"Hoje vamos ter neve. Prevê-se a formação de uma camada com 10 a 16 cm de espessura. Lembramos que devem arrumar os vossos carros no lado direito das ruas para permitir a intervenção dos limpa-neve."
A mulher, loira e com elevado sentido de dever, imediatamente saiu e arrumou o carro no lado direito da rua.
Na semana seguinte, o casal tomava novamente o seu pequeno almoço quando ouvem pela rádio outro aviso:
"Hoje esperamos 20 a 25 cm de neve. Por favor arrumem os carros do lado esquerdo para permitir o trabalho dos limpa-neve."
A boa mulher lá foi outra vez a correr para arrumar o carro do lado esquerdo da rua.
Passados mais uns dias, tudo se repete. Da rádio lá chega o aviso:
"Hoje esperamos que se formem camadas de 20 cm de neve. Por favor arrumem ..."
A energia eléctrica subitamente faltou. O rádio calou-se ...
A mulher ficou transtornadíssima por não saber de que lado deveria desta vez arrumar o carro.
" E agora o que faço? Logo faltou a luz nesta altura ... Agora não sei de que lado da rua devo arrumar o carro!" Dizia ela aflita.
Então o marido, com muito amor e compreensão, diz-lhe tentando sossegá-la:
- Olha querida, por que é que, desta vez, não deixas ficar o carro quietinho na garagem?

terça-feira, 9 de março de 2010

175. Próximo...

Dois amigos conversam:
- Eh pá, eu odeio ir a festas de casamento!
- É mesmo? Então e porquê?
- As minhas tias estão sempre a dizer: "O próximo vais ser tu! O próximo vais ser tu!"
- Putz... é fogo! Mas eu conheço uma maneira de fazeres com que elas acabem com isso...
- É mesmo? Como?
- Começa a dizer-lhes a mesma coisa ... nos funerais!

174. Faz o quê...?

173. Ámen...

Uma solteirona descobre que uma amiga ficou grávida só com uma oração que rezou na igreja de uma aldeia próxima.
Dias depois, a solteirona foi a essa igreja e disse ao padre:
- Bom dia padre.
- Bom dia minha filha. Em que posso ajudá-la?
- Sabe, padre, soube que uma amiga minha veio aqui e ficou grávida só com uma avé-maria...
-Não, minha filha, foi com um padre nosso... mas já o transferimos.

segunda-feira, 8 de março de 2010

172. Jeito p'ró negócio...

O Zézinho encontrou um amigo com um boião cheio de marmelada e perguntou-lhe:
- De quem é a marmelada?
- Metade é minha e metade é do meu irmão.
- Dás-me um bocado da tua?
- Não posso, a minha é a que está no fundo do boião.

171. Hipocondríaco...

Vira-se um hipocondríaco para o médico:
- Ó Sr.Doutor, a minha mulher põe-me os cornos mas eles não crescem, será falta de cálcio???